Meio Ambiente

5 (3)"> Caixa de areia: como essa etapa pode impactar drasticamente no custo do tratamento de efluentes?<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (3)</span></span>

Caixa de areia: como essa etapa pode impactar drasticamente no custo do tratamento de efluentes? 5 (3)

8 minutos Nem sempre damos a devida atenção a uma etapa de tratamento que é primordial e influencia no desempenho global do sistema e no custo: tratamento preliminar. E dentro da etapa preliminar o processo de remoção de areia, que além de importantíssimo reduz o custo do tratamento, quer saber como? Então vamos lá! Caixa de areia ou canal desarenador é via de regra o segundo processo unitário no tratamento preliminar de efluentes e destina-se a remover partículas inorgânicas suspensas, como matéria arenosa. Isso Leia mais

5 (4)"> Tratamento Terciário e a Desinfecção em Efluentes <span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (4)</span></span>

Tratamento Terciário e a Desinfecção em Efluentes  5 (4)

7 minutos Nem sempre contemplado em todos os sistemas, mas importante etapa complementar, o tratamento terciário dos efluentes visa reduzir ainda mais os orgânicos, nutrientes, turbidez, os metais e os patógenos. O foco aqui é o “polimento” desse despejo.   Quer entender como tudo isso funciona? Então vamos lá!  A maioria dos processos terciários envolve algum tipo de tratamento físico-químico, como coagulação, filtração, adsorção com carvão ativado, osmose reversa e desinfecção.  Esses tratamentos terciários podem incluir diversas etapas que vão depender do tipo de poluição do Leia mais

5 (1)"> Potabilidade da água e o impacto de substâncias presentes na água<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

Potabilidade da água e o impacto de substâncias presentes na água 5 (1)

5 minutos A potabilidade da água, ou “Água potável” significa simplesmente água que é segura para beber, e como já sabemos, está se tornando cada vez mais escassa no mundo. O aumento da demanda de água doce em todo o mundo, e uma lista aparentemente interminável de contaminantes podem transformar a água potável em perigo para a saúde ou simplesmente torná-la inaceitável. Do volume total de água disponível no Planeta Terra, 96,54% estão nos mares e oceanos, 1,74% estariam em calotas de gelos e Leia mais

5 (1)"> 4 Dúvidas comuns sobre o programa de capacitação em tratamento de efluentes<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

4 Dúvidas comuns sobre o programa de capacitação em tratamento de efluentes 5 (1)

7 minutos Você sabia que um dos maiores desafios do setor de saneamento e meio ambiente é encontrar profissionais qualificados? Segundo o plano nacional de saneamento lançado em 2014, o custo para universalizar os quatro serviços (água, esgoto, resíduos e drenagem) é de R$ 508 bilhões entre 2014 e 2033. Já para a universalização de água e esgoto, o custo será de R$ 303 bilhões. Mas não basta construir uma estação de tratamento de água e esgoto por exemplo se não temos profissionais capacitados Leia mais

5 (1)"> Tudo que você precisa saber sobre coleta e preservação de amostra<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

Tudo que você precisa saber sobre coleta e preservação de amostra 5 (1)

4 minutos É sabido que o resultado de qualquer método analítico não é mais importante do que a amostra analisada, isso significa dizer que a etapa de amostragem e preservação são tão ou mais importantes que o resultado. Válida e representativa O objetivo da amostragem é coletar uma parte do material pequeno o suficiente em volume para ser transportado convenientemente e ainda grande o suficiente para fins analíticos, enquanto ainda representa com precisão o material amostrado. Este objetivo implica que as proporções ou concentrações Leia mais

5 (1)"> 10 coisas sobre saneamento que você não sabia<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

10 coisas sobre saneamento que você não sabia 5 (1)

3 minutos Entre os muitos desafios enfrentados no Brasil, a questão da garantia do saneamento básico é um dos mais desafiadores. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), quase dois milhões de domicílios no País ainda não tem abastecimento de água adequado. Além disso, ainda segundo o IBGE, mais de 1,5 milhão de residências ainda não possuíam banheiros e, sequer, sanitários. E, pasmem, mais 7 milhões de residências lançam seus dejetos não ambiente, ou seja, de forma inadequada e extremamente prejudicial. 10 coisas sobre Leia mais

5 (1)"> Pegada Hídrica: a água que você não vê<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

Pegada Hídrica: a água que você não vê 5 (1)

4 minutos Você já ouviu falar em Pegada hídrica? Para começar a lhe explicar, a Pegada hídrica pode se referir a um indivíduo, comunidade ou empresa. Também, podemos lhe adiantar que tem a ver com o volume total de água doce que são utilizados para produzir várias coisas que consumimos. Sei que ainda não ficou muito claro, mas isso é algo que pretendemos fazer na sequência deste artigo. Mas, continue conosco, pois você verá que é um tema bastante interessante e que tem tudo a ver com Leia mais

4.5 (2)"> A importância do Saneamento Básico<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--half-highlight js-rmp-replace-half-star"></i> <span>4.5 (2)</span></span>

A importância do Saneamento Básico 4.5 (2)

4 minutos O saneamento básico consiste na atividade de coleta e tratamento do esgoto, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos e controle de pragas, assim como qualquer tipo de agente patogênico, visando à saúde das comunidades. O abastecimento de água potável e o manejo de água pluvial também fazem parte das atividades nas quais se enquadram o saneamento básico. A água é fonte de vida na terra, e a civilização humana desabrochou onde havia fontes confiáveis e limpas de água doce. Sendo assim, para Leia mais

5 (3)"> 12 parâmetros relacionados ao tratamento de efluentes que você precisa conhecer<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (3)</span></span>

12 parâmetros relacionados ao tratamento de efluentes que você precisa conhecer 5 (3)

7 minutos Quais os parâmetros no tratamento de efluentes que você conhece?  Veja as variáveis mais importantes e utilizadas no processo de tratamento de efluentes: 1. DBO – Demanda Bioquímica de Oxigênio Retrata a quantidade de oxigênio requerida para estabilizar, através de processos bioquímicos, a matéria orgânica carbonácea. É uma indicação indireta, portanto, do carbono orgânico biodegradável. As principais vantagens do teste da DBO: Indicação aproximada da fração biodegradável do despejo; Indicação da taxa de degradação do despejo; Indicação da taxa de consumo de Leia mais

5 (1)"> A Influência do ciclo hidrológico na qualidade da água<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

A Influência do ciclo hidrológico na qualidade da água 5 (1)

3 minutos Você já parou para pensar que a composição das águas superficiais e subterrâneas é influenciada por fatores naturais? Temos uma percepção maior sobre as intervenções humanas como atividades poluidoras industriais, despejos e contaminação, mas o ciclo hidrológico influencia e muito a qualidade da água. Grandes variações naturais na qualidade podem ser observadas em curso d’água e sua influência é geralmente maior quando há baixa disponibilidade hídrica, e mesmo que esteja disponível, há baixa qualidade limita o seu uso. A quantidade total de Leia mais