operação da estação

4.9 (16)"> Acabando de vez com os problemas de sedimentabilidade do lodo<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>4.9 (16)</span></span>

Acabando de vez com os problemas de sedimentabilidade do lodo 4.9 (16)

5 minutos Tenha certeza de uma coisa, para qualquer observação, desafio ou problema, existem causas prováveis e medidas corretivas. Na identificação de um problema, a observação visual do processo de tratamento é essencial e a capacidade de resolução vital. As observações do teste de sedimentabilidade do lodo diz e muito a respeito da condução do tratamento, mas é importante saber interpretar esse teste que é rápido e simples. Indícios de que pode haver um problema vão desde uma sedimentabilidade “nebulosa”, cinzas no sobrenadante ou Leia mais

5 (8)"> ETE operando em padrão de excelência:  veja isso<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (8)</span></span>

ETE operando em padrão de excelência: veja isso 5 (8)

4 minutos Redução de tempo e custo em tratamento de efluentes: revise seus parâmetros de controle. Quantas vezes percebemos que os parâmetros de controle de ETE são insuficientes? Infelizmente, a resposta é “frequentemente”. Poderia reduzir tempo e custo de sua ETE operando implantando-se uma base regular de registro dos principais parâmetros de controle e monitoramento da ETE. A regulamentação das faixas operacionais ideais dos principais parâmetros podem ajudar a prever eventos críticos no processo e permitir medidas corretivas mais adequadas antes que o processo Leia mais

5 (1)"> Respirometria como solução de problemas em ETEs<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

Respirometria como solução de problemas em ETEs 5 (1)

3 minutos Um dos aspectos mais importantes no desempenho de uma ETE diz respeito a própria rotina de controle e operação realizada pela equipe técnica. É bastante oportuno que ocorra um perfeito conhecimento do processo de tratamento em questão, e também uma eficiente estratégia de controle e monitoramento, e é ai que a respirometria em estações de tratamento de efluentes é fundamental, veja porque. Em um sistema de tratamento de efluentes, é valioso prever como as mudanças operacionais, tais como incrementos de cargas, efluentes Leia mais

error: Este conteúdo está protegido pela Lei de Direitos Autorais!!!