A Influência do ciclo hidrológico na qualidade da água

A Influência do ciclo hidrológico na qualidade da água

Tempo de leitura: 3 minutos

5
(1)

Você já parou para pensar que a composição das águas superficiais e subterrâneas é influenciada por fatores naturais?

Temos uma percepção maior sobre as intervenções humanas como atividades poluidoras industriais, despejos e contaminação, mas o ciclo hidrológico influencia e muito a qualidade da água.

Grandes variações naturais na qualidade podem ser observadas em curso d’água e sua influência é geralmente maior quando há baixa disponibilidade hídrica, e mesmo que esteja disponível, há baixa qualidade limita o seu uso.

A quantidade total de água existente na Terra, nas suas três fases, sólida, líquida e gasosa, se tem mantido constante, desde o aparecimento do Homem.

Assim, distribuem-se por três reservatórios principais, os oceanos, os continentes e a atmosfera, entre os quais existe uma circulação contínua – ciclo Hidrológico.

Nas formas líquidas e sólidas a água cobre mais de 2/3 da superfície terrestre, e na forma gasosa é constituinte variável da atmosfera (podendo ocupar até 4% de todo seu volume).

O ciclo hidrológico é o conjunto de fenômenos naturais que explicam a distribuição da água no globo terrestre.

As quatro fases básicas do ciclo hidrológico são: precipitação, evaporação e transpiração, escoamento superficial e escoamento subterrâneo, observe a veja figura abaixo:

ciclo hidrológico

Uma característica importante da água é a sua propriedade de dissolver inúmeras substâncias, de maneira que é denominada “solvente universal”.

Por essa característica particular, se enriquece de compostos à medida que passa pelas fases do ciclo hidrológico, entre as quais:

  1. gases (O2, N2, CO2, etc) e material particulado (pó) da atmosfera;
  2. sais minerais, metais e matéria orgânica do solo;
  3. a decomposição de matéria orgânica libera mais gases (CO2, NH3, H2S, etc.).

Além disso, a água carrega uma série de substâncias que ficam em suspensão (vegetais, algas, protozoários, bactérias, etc.).

Veja algumas curiosidades acerca do ciclo hidrológico:

contaminação

As águas subterrâneas por exemplo, embora pareçam límpidas e cristalinas por sofrerem uma filtração natural, também estão sujeitas a contaminação.

Na tabela abaixo, você poderá conhecer os principais tipos de contaminantes das águas subterrâneas e principais fontes comuns de poluição, impactando na qualidade da água formada durante o ciclo:

Origem da PoluiçãoTipo de Contaminante
Atividade agrícolanitrato, amônio, pesticidas, organismos fecais
Saneamento in situnitrato, hidrocarbonetos halogenados, microorganismos
Garagens e Postos de Serviçohidrocarbonetos aromáticos e halogenados, benzeno, fenóis
Disposição de resíduos sólidosamônio, salinidade, hidrocarbonetos halogenados, metais pesados
Indústrias metalúrgicastricloroetileno, tetracloroetileno, hidrocarbonetos halogenados, fenóis, metais pesados, cianureto
Pintura e Esmaltaçãoalquilbenzeno, hidrocarbonetos halogenados, metais, hidrocarbonetos aromáticos, tetracloroetileno
Indústrias de madeirapentaclorofenol, hidrocarbonetos aromáticos, hidrocarbonetos halogenados
Limpeza a secotricloroetileno, tetracloroetileno
Indústria de pesticidahidrocarbonetos halogenados, fenóis, arsênico
Despejo de lodo e esgotonitrato amônio, hidrocarbonetos halogenados, chumbo e zinco
Curtumescromo, hidrocarbonetos halogenados, fenóis
Extração/exploração de gás e petróleosalinidade (cloreto de sódio), hidrocarbonetos aromáticos
Mineração de carvão e metalíferosacidez, metais pesados, ferro e sulfatos

Assim, podemos afirmar que é impossível encontrarmos água quimicamente pura na natureza, pois durante todo o ciclo hidrológico dissolve ou carreia substâncias que se caracterizam como impurezas da água.

O que você achou do post?

Avalie-nos

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *