Acqua

Esse artigo é um guest post escrito por um de nossos parceiros especialistas no assunto. Quer fazer parte dessa super equipe de colaboradores? Mande um email para vanessa@acquasolution.com

5 (1)"> Decantação: como monitorar esse processo?<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

Decantação: como monitorar esse processo? 5 (1)

4 minutos Você já deve ter vivenciado no dia a dia, problemas de sedimentabilidade no decantador. Sabia que existem cálculos que podem te auxiliar na melhoraria deste processo tão importante, para que se tenha um excelente resultado em sua ETA? Água tratada sem arraste de sólidos e com baixa turbidez! Vamos lá? A decantação ou sedimentação é o fenômeno físico em que as partículas em suspensão apresentam movimentos descendentes em meio líquido de menor massa específica devido à ação da gravidade. A ocorrência da Leia mais

5 (1)"> Desvendando a calha Parshall<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

Desvendando a calha Parshall 5 (1)

4 minutos Certamente quando você iniciou suas atividades nesse universo do saneamento, do tratamento de água ou efluentes, deve ter se perguntado sobre essa tal Parshall. Afinal, o que é Calha Parshall? Pois é, denominada calha Parshall em homenagem ao seu inventor, Ralph Leroy Parshall! Engenheiro americano, professor da Colorado State University, localizada em Fort Collins, que inventou (1922-1925), com base nos estudos de Venturi, um revolucionário medidor de vazões no campo da irrigação. Como estudante foi um dos diplomados distintos da faculdade e Leia mais

5 (1)"> 4 Dúvidas comuns sobre o programa de capacitação em tratamento de efluentes<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

4 Dúvidas comuns sobre o programa de capacitação em tratamento de efluentes 5 (1)

7 minutos Você sabia que um dos maiores desafios do setor de saneamento e meio ambiente é encontrar profissionais qualificados? Segundo o plano nacional de saneamento lançado em 2014, o custo para universalizar os quatro serviços (água, esgoto, resíduos e drenagem) é de R$ 508 bilhões entre 2014 e 2033. Já para a universalização de água e esgoto, o custo será de R$ 303 bilhões. Mas não basta construir uma estação de tratamento de água e esgoto por exemplo se não temos profissionais capacitados Leia mais

5 (1)"> O que você precisa saber sobre a água que consome, e como isso pode afetar você<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

O que você precisa saber sobre a água que consome, e como isso pode afetar você 5 (1)

5 minutos Água potável e a importância da vigilância no controle da qualidade da água, padrões de qualidade e prevenção de doenças. A água é essencial para a vida no planeta, como estamos cansados de saber, mas você sabe quais são as propriedades e até riscos presentes na água potável? Veja! O que é água potável Água Potável é aquela que reúne características que a coloca na condição própria para o consumo do ser humano. Portanto, a água potável deve estar livre de qualquer tipo de contaminação. Leia mais

5 (1)"> 10 coisas sobre saneamento que você não sabia<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

10 coisas sobre saneamento que você não sabia 5 (1)

3 minutos Entre os muitos desafios enfrentados no Brasil, a questão da garantia do saneamento básico é um dos mais desafiadores. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), quase dois milhões de domicílios no País ainda não tem abastecimento de água adequado. Além disso, ainda segundo o IBGE, mais de 1,5 milhão de residências ainda não possuíam banheiros e, sequer, sanitários. E, pasmem, mais 7 milhões de residências lançam seus dejetos não ambiente, ou seja, de forma inadequada e extremamente prejudicial. 10 coisas sobre Leia mais

5 (1)"> Pegada Hídrica: a água que você não vê<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

Pegada Hídrica: a água que você não vê 5 (1)

4 minutos Você já ouviu falar em Pegada hídrica? Para começar a lhe explicar, a Pegada hídrica pode se referir a um indivíduo, comunidade ou empresa. Também, podemos lhe adiantar que tem a ver com o volume total de água doce que são utilizados para produzir várias coisas que consumimos. Sei que ainda não ficou muito claro, mas isso é algo que pretendemos fazer na sequência deste artigo. Mas, continue conosco, pois você verá que é um tema bastante interessante e que tem tudo a ver com Leia mais

4.5 (2)"> A importância do Saneamento Básico<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--half-highlight js-rmp-replace-half-star"></i> <span>4.5 (2)</span></span>

A importância do Saneamento Básico 4.5 (2)

4 minutos O saneamento básico consiste na atividade de coleta e tratamento do esgoto, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos e controle de pragas, assim como qualquer tipo de agente patogênico, visando à saúde das comunidades. O abastecimento de água potável e o manejo de água pluvial também fazem parte das atividades nas quais se enquadram o saneamento básico. A água é fonte de vida na terra, e a civilização humana desabrochou onde havia fontes confiáveis e limpas de água doce. Sendo assim, para Leia mais

5 (1)"> Você sabe qual a finalidade do tratamento preliminar em uma ETE?<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

Você sabe qual a finalidade do tratamento preliminar em uma ETE? 5 (1)

5 minutos Primeiramente, vamos definir o que é o tratamento preliminar: Tratamento Preliminar de Efluentes é a primeira etapa do tratamento cuja finalidade é a remoção de sólidos grosseiros e areia, a fim de que estes não danifiquem as tubulações e os sistemas de bombeamento, protegendo portanto, as próximas etapas do processo. Os mecanismos básicos de remoção são de ordem física, sendo que o fluxo típico do esgoto nesse nível de tratamento corresponde basicamente à passagem do efluente em uma grade, peneira, em um Leia mais

5 (1)"> Tecnologias para tratamento de efluentes, como escolher a mais adequada?<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (1)</span></span>

Tecnologias para tratamento de efluentes, como escolher a mais adequada? 5 (1)

2 minutos Existem diversas tecnologias para tratamento de efluentes e você sabe qual é a melhor? Simples! A melhor tecnologia de tratamento será aquela que melhor compatibilizar-se com os condicionantes e critérios do contexto sócio-ambiental, técnico e econômico de aplicação. É possível classificá-las em diferentes grupos: sistemas passivos e intensivos, biológicos ou físico-químicos, compactos ou extensivos,  naturais ou mecanizados são algumas das divisões possíveis. Para a escolha da melhor tecnologia para tratamento de efluentes, devemos estudar os seguintes fatores: características do efluente a ser Leia mais

5 (3)"> 12 parâmetros relacionados ao tratamento de efluentes que você precisa conhecer<span class="rmp-archive-results-widget "><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i><i class=" rmp-icon rmp-icon--ratings rmp-icon--star rmp-icon--full-highlight"></i> <span>5 (3)</span></span>

12 parâmetros relacionados ao tratamento de efluentes que você precisa conhecer 5 (3)

7 minutos Quais os parâmetros no tratamento de efluentes que você conhece?  Veja as variáveis mais importantes e utilizadas no processo de tratamento de efluentes: 1. DBO – Demanda Bioquímica de Oxigênio Retrata a quantidade de oxigênio requerida para estabilizar, através de processos bioquímicos, a matéria orgânica carbonácea. É uma indicação indireta, portanto, do carbono orgânico biodegradável. As principais vantagens do teste da DBO: Indicação aproximada da fração biodegradável do despejo; Indicação da taxa de degradação do despejo; Indicação da taxa de consumo de Leia mais